Quem sai na chuva…

Já dizia Vicente Matheus, quem sai na chuva é para se queimar, certo?

Então, vamos lá. Logo que mudamos para Londres, optamos por morar em um lugar muito legal e central. Optamos por Maida Vale, em uma zona que eles chamam de “very posh area”. O que seria perfeito… se não fosse estupidamente caro! E, para ser franca, apesar de achar nosso apartamento um charme, nem temos tanto espaço assim.

O plano A era morar aqui por um ano, enquanto conhecíamos Londres melhor e depois disso fazer como os ingleses, sair do centro, ir para zonas periféricas onde você tem muito mais espaço e paga um preço mais razoável. A questão é saber por qual dessas áreas optar. Quais bairros são seguros? Quais são as melhores linhas de metrô para você? Enfim, perguntas difíceis para você responder logo que chega a uma cidade tão grande como Londres.

Logo, achamos que nos mudaríamos para Miami e paramos de pensar nisso.

Quando a mudança deu para trás e a proposta em Londres parecia bem melhor, ou seja, achamos (porque nunca temos certeza) que ficaremos aqui por mais algum tempo, pensamos que talvez fosse um bom momento de voltar ao plano original e buscar novo endereço.

Além do mais, depois de ver tantas casas em Miami, já tinha na minha cabeça essa vontade implantada. Estava muito afim de morar em casa ou, pelo menos, um apartamento que tivesse saída para um jardim, o que aqui é relativamente normal.

Outro fator importante é que você faz um contrato por determinado período, normalmente um ou dois anos. Se sair antes desse tempo, a multa é tão alta que não compensa. Como a gente já havia cumprido mais de um ano no atual endereço e já havia avisado mesmo que iria sair, era a hora certa!

Ok, até aí, tudo bem, mas vai procurar lugar para morar em Londres assim do dia para a noite para você ver o que é bom para tosse! Lá foi Bianquinha pedir referências para deus e o mundo sobre bairros para morar e Luiz também pegou algumas referências com seus amigos no trabalho. Além do que, fiquei vesga de tanto ver imóveis pela internet! Verdade que foi mais fácil agora do que há um ano, pelo menos tínhamos alguma noção de por onde começar. Outra coisa que fizemos em fins de semana era pegar o metrô para algum bairro potencial e andar em volta, ver se gostávamos da área, visitamos imobiliárias, enfim, serviço completo!

Até que conseguimos decidir por determinada zona e focamos esforços, facilita bastante. Nossas preferências eram Harrow-on-the-hill, Northwood e Stanmore. Temos uma amiga que mora em Stanmore que me ajudava a dar dicas se o lugar era bom ou não.

Resumindo a ópera, vimos uma casa em Northwood que me interessou bastante. É longe do centro, zona 6 (para dar uma idéia de distância, o centro é zona 1, hoje moramos na zona 2). Acontece que tem metrô bem próximo e é exatamente a linha que Luiz usa para o trabalho, faz toda a diferença do mundo! Achei o bairro elegante, é considerado muito seguro e de um nível legal. Ali poderemos economizar brincando uns 30% no valor do aluguel e ainda por cima morar em uma casa bem maior.

Na rotina diária, não muda minha vida nem a do Luiz. Nos fins de semana, se quisermos sair à noite no centro de Londres, pode complicar. Acontece que foi aprovado liberarem a circulação do metrô durante toda a madrugada no final de semana, é uma questão de pouco tempo para entrar em vigor. Ou seja, a princípio, parece perfeito!

Fizemos proposta nessa casa e agora esperamos a papelada ser aprovada. Dedos cruzados! Se não for essa, será outra, mas adoraria resolver logo isso, porque o tempo está passando e nosso prazo ficando cada vez mais curto para organizar a mudança. Lembra que ninguém faz nada nessa terra de improviso, né? Tudo é agendado com uma irritante antecedência!

Enfim, mais uma vez, vamos dar uma chance ao caos! É uma dor de cabeça e só de pensar me dá preguiça! Vamos combinar que caminho para meu 38º endereço! Sério, ninguém merece! Por outro lado, é uma casa tão legal, com mais espaço, jardim lindo, um bairro super charmoso…

Como diz uma amiga minha, universo faça sua parte! A nossa, às vezes reclamando um pouquinho, estamos caprichando.

9 comentários em “Quem sai na chuva…”

  1. Torcendo para que tudo se resolva o mais breve possível! Uma casa com jardim tb e’ meu sonho de consumo … E as casas dai são um charme 😉
    Gostei de ver q retornou ao blog com a corda toda 🙂
    Bjinhos!

  2. Concordo com a Eriquinha! Dá até pra ver sua cara contando a história… rsrsrs Dedos cruzados que vai dar tudo certo! 🙂 Beijao chica

  3. Obrigada pela torcida, meninas! 🙂 A hospedagem subirá de nível… rsrsrsrsrs… Vou tentar escrever um pouco mais hoje e colocar o blog em dia de uma vez por todas! 😉 Beijão

  4. Good luck!
    Monotonia nao entra na vida de voces, mudar de morada energia renovada, deve ser por isso que a vida de voces esta sempre em circulação 😉 Fico feliz por voces e Congratulations pela promoção do Luis, ele merece 🙂 E seja qual área for que tu estejas voltando ao mercado do trabalho (faz post depois?) Boa sorte!
    xxx

  5. Fiquei feliz que você voltou a escrever. Tava morrendo de saudades “dessas conversas” com você! Além disso contente que vocês vão ficar pertinho.

  6. Nossa, eu sei bem como é essa saga de ir atrás de apartamento aqui em Londres, passei por isso há pouco tempo, é bem estressante. Fico feliz que tenha encontrado um lugar bom!!

Seja bem vindo a comentar! Sua resposta pode demorar um pouco a ser publicada.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s