Tudo ótimo! Só difícil de contar…

Pois é, não sei exatamente o que anda acontecendo, mas tem me faltado inspiração para escrever no blog. E nem é por falta de assunto, afinal tenho passado por um verdadeiro bombardeio de novas informações, sensações, sabores etc.

Portanto, passo hoje para dizer que está tudo realmente bem. Continuo me apresentando a algumas pessoas que não conheço e tentando fortalecer os laços com quem já faz parte da nossa vida, por mais ou menos tempo.

Comecei a frequentar uma academia de ginástica, que fica em um parque pertíssimo da nossa casa. Há algum tipo de subsídio do governo e é realmente barato, pelo menos para os padrões britânicos. Achei melhor assim, prefiro me exercitar ao ar livre, até cheguei a tentar correr sozinha na pista comunitária, mas não dá para contar com a boa vontade do clima.

parque

parque1

Luiz também me deu uma lâmpada que “substitui” a luz solar. Não é para bronzeamento, é justamente para minimizar os efeitos da falta do sol. É bastante comum por essas bandas as pessoas terem algum tipo de depressão de inverno ou carência de vitamina D.

Assim que, com exercício, cuidando da alimentação e essa tal lâmpada, estou tentando me prevenir de problemas futuros. E nos dias de sol (sim, eles existem!), sempre saio para aproveitar um pouco.

Voltei a cozinhar! Não é que tivesse parado, mas Luiz andou muitos meses sem jantar, o que acabou me desestimulando. Até sou do tipo que cozinha para mim mesma, mas vamos combinar que no dia à dia não é a coisa mais motivadora do mundo. Isso, sem falar de toda a loucura que foi a mudança.

Outra coisa, é que leva um tempo até você se acostumar com os ingredientes locais, o que é mais fresco, o que é de temporada e tal. É engraçado, mas passei bem um mês travada, sem saber o que preparar.

Aqui em Londres, tenho muito mais opções e alimentos provenientes das origens mais diversas! Agora mesmo, por exemplo, estou morrendo de amores pela tal de alcachofra de Jerusalém. É como uma raiz, ainda que lembre, tanto na aparência quanto no sabor, a uma alcachofra tradicional.

alcachofra

Fiz minha própria mini-horta de ervas e estou adorando usar meus temperos direto da janela!

horta

Enfim, ando testando receitas, fazendo jantares só para a gente ou contando com a presença de amigos e assim, vou esquentando os motores. Realmente, quero tentar trabalhar com isso de alguma maneira.

É curioso porque já observei que boa parte das minhas atividades tem alguma necessidade de expressão, ainda que se alternem. Foi assim com artes plásticas, que de certa maneira, ficou à parte quando comecei a escrever. E, talvez, agora escrever não seja tão prioritário, porque quero cozinhar. Algum dia, preciso aprender a conviver com todas essas formas de comunicação em paralelo.

E não é que de vez em quando dá certo? Hoje mesmo, aqui estou e tenho uma panela cheirando no fogo. Vou lá!

2 comentários em “Tudo ótimo! Só difícil de contar…”

  1. A Bianca Artes Plásticas, vi o teu trabalho com o mini Bianca dentro e realmente a criatividade é explícita mostrando o talento na obra. A Bianca Escrever, a tua área também, uma prova, sou tua leitora há 5 anos já rsrs E felizmente pude conhecer a Bianca Cozinhar delicious yumyum! Mas confesso, faz falta ler teus textos inteligentes. Ah! Quanto a falta de sol, quando ele aparecer here comes the sun… corre pra cá que o Thames lindo tá logo ali rsrsr Fica bem xxx

Seja bem vindo a comentar! Sua resposta pode demorar um pouco a ser publicada.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s