Décimo primeiro dia: 3 embriões respondendo!

Às cinco da matina, Luiz acordou, precisou viajar para Londres. Retorna amanhã, no primeiro horário possível, e chega em Madri pelas 9 horas.

 

A vida seguiu e a nossa é assim, nada estanca para esperar o próximo passo, é tudo junto ao mesmo tempo! Vamos nos adequando e fazendo espaço na nossa agenda para caber o que precisa.

 

Por volta de 11 horas, me ligaram do hospital para dar notícia dos óvulos. Dos 5 válidos, 3 viraram embriões. Mais especificamente, dos 3 da micro injeção, sobreviveu 1. E os 2 da fertilização convencional sobreviveram.

 

Entre nós, essa era minha aposta. Não tem nenhuma validade científica o que vou dizer, mas tive essa sensação de que preferia os da fertilização convencional, por ser mais parecido ao processo natural. Não foi alguém que escolheu um determinado espermatozóide do Luiz, foi a vida que se encarregou que os melhores chegassem primeiro a cada óvulo.

 

Ainda é muito recente para saber em que classificação se encontrarão esses 3 embriões. Eles serão classificados em A, B, C e D. Sendo A, o mais provável de conseguir seguir com a gravidez.

 

Eles terão essa resposta amanhã pela manhã, quando está marcada a minha transferência dos embriões. Será às 10 horas e é ali na bucha que descubro quantos embriões devo implantar. Meu palpite é que vou implantar esses 2 embriões da fertilização convencional.

 

Importante ressaltar que ainda não sabemos desses 3 embriões, quantos sobreviverão até amanhã e em que qualidade. Outra coisa, o fato de implantar 2 embriões, não garante que terei gêmeos e sim aumenta a probabilidade que pelo menos um sobreviva.

 

Digo isso, porque ainda tem muita gente pensando que a fertilização assistida garante a gravidez e não é verdade. Com toda essa história, pelo que entendi, minhas chances são por volta de 20%.

 

Assim que deixo claro que comemoro cada etapa, porque essa é a minha natureza e filosofia. Mas isso não quer dizer que já esteja comemorando uma gravidez. Ainda tem muita água para rolar até ter certeza que tenho uma gravidez saudável, coisa que só acontecerá a partir do terceiro mês.

 

Agora, fala sério, alguém acha que vou passar três meses com cara de interrogação porque pode ou não dar certo? Melhor ser cautelosa, para evitar um tombo grande? Por mim, que se foda o tombo grande! Quando chegar lá, se, e somente se chegar lá a gente vê o que faz. Quem tem a vida fácil? A gente não se vira sempre?

 

Prefiro curtir esses momentos como se tudo fosse dar certo, porque pode dar e não quero ter perdido nada!

 

Mas voltando à prática, lembra que falei que o Luiz viajou? Pois é, estávamos achando que a transferência seria no domingo. Por precaução, ele até pegou o vôo mais cedo que tinha. Resumindo, ele deve pousar em Barajas pelas 9h30 e temos que estar no hospital às 10 horas.

 

Não vai dar tempo dele vir em casa me buscar, vamos para o hospital cada um por si e nos encontraremos lá!

 

O que, se pensarmos bem, é um pouco bizarro não? Ele vai correr feito um louco para chegar a tempo de estar presente durante a fecundação do seu próprio filho!

 

Quer ver ficar mais bizarro?

 

Tecnicamente, quando coloco os embriões no útero, estou grávida. Não tenho que esperar o próximo ciclo, como as mulheres normais, para saber se formou o embrião e eu engravidei. O que tenho que esperar é que meu corpo segure essa mesma gravidez.

 

Ou seja, pela primeira vez, encontrei uma situação em que o termo “ligeiramente grávida” é um fato!

 

Essa noite, poderia me despedir das pessoas assim: não vou beber e já vou andando, porque amanhã tenho que acordar cedo para ficar grávida… sabe como é que é…

12 comentários em “Décimo primeiro dia: 3 embriões respondendo!”

  1. RSRSRSRSRSRS
    Vc é realmente ótema, Bibis!!!!
    Nega, tô contigo nessa, tem mesmo que comemorar cada passo 🙂
    E ser positiva o tempo todo para que o universo conspire a favor.
    E vamo que vamo…

    Adorei a crônica de hoje!

  2. Isso ai Bi!!!Espirito pra cima e pensamento positivo. Comemore cada etapa e nao perca nada. Dedos cruzados…Beijos

  3. Bianca, adoro ler sobre seus sentimentos! Vocë tem o dom da escrita! Eu vejo a vida de forma parecida… positivamente! E uma coisa por vez! Mas, vcs ja sao vitoriosos por tentar, correr atras do que desejam. Parabens! E que venha o melhor pro casal ! Estou na torcida e nas boas vibracoes! Beijos, Daniela.

  4. Otimo que os embrioes ja comecam com os “mais fortes dos espermatozoides”, pois tendo a mae que eles tem, so sendo forte mesmo para comecar a encarar a vida, ne, Biancosa?????? E a corrida do Luis ja da uma pratica para a hora do nascimento: ele tem mesmo e que correr, hehehe
    Ainda na torcida e rezando muito por voces!!!! Que toda a energia positiva esteja com voces 🙂
    Beijos

  5. Bi, tenho acompanhado tudinho, dia a dia, e a minha torcida é enoooorme – pelo menos vale por duas, Laura dá cada chute que tenho certeza, é a forma dela de torcer para ganhar amigos tão especiais quanto os meus!!
    BEIJOS!!!!

  6. Querida, relax total e agora na Fé, porque a “Foda” literalmente já foi, sorry o trocadilho feio. Bjs mil

  7. Bianca, até agora nao comentei, mas saiba que estamos torcendo muito, mais muito mesmo, e se depender de torcida e boas vibrações, já pode ir pensando no nome dos gêmeos. Abraço.

Seja bem vindo a comentar! Sua resposta pode demorar um pouco a ser publicada.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s