E haja garganta!

Chegou a primavera! Com ela, um festival de alergias, como de costume. Eu me tornei alérgica em São Paulo, já era adulta e nem posso reclamar porque a minha não é das piores. Mas olho em volta e está todo mundo meio mais ou menos. Quando foi que o planeta se tornou tão alérgico? Até meu gato tem asma!

Felizmente, não deixo de fazer as coisas, mas minha garganta está um lixo! Tenho uma porcaria de uma tosse seca (alérgica) que não me deixa livre por meses, é realmente um saco!

Essa semana temos uma das últimas reuniões com o governo, para acertar nossa cidadania espanhola. Não temos certeza absoluta se já juraremos a bandeira ou será marcado o juramento. É mais provável que seja só marcado o juramento. Confesso que isso também tem me deixado ansiosa. Vou tocando o barco porque não dá para parar a vida, mas é difícil não passar pela cabeça de vez em quando. Como pode um pedaço de papel ser capaz de mudar tanto sua vida? Uma dia você não pode e o outro você pode, mas você segue sendo a mesma pessoa.

Conto isso porque acredito que minha tosse só vá passar depois dessa etapa superada. Antes preciso que esse sapo se desentale da minha garganta!

Por outro lado, falando em garganta, o canto tem surgido no meu caminho novamente. E com ele, o gosto pela percussão.

Em uma das últimas festas a gente soltou a voz e bateu a vontade de resgatar o coral. Vamos tentar, acho que pode ser bacana e tenho saudades de melhorar a voz. Minha amiga cantora também me chamou para uma palhinha em um show e estou amarradona! Ou seja, preciso acabar com essa tosse urgente!

Quanto à percussão, parei de ter aulas e para ser sincera, acho que dei uma estacionada. Mas agora, também nas últimas festas, rolaram umas batucadas ótimas! É a hora que aproveito para me misturar com quem sabe tocar e pegar alguma manha, do tipo monkey see, monkey do. Ajuda muito quando tem profissionais puxando, principalmente um violão bem tocado. Sem falar que os amigos são legais e dão a maior força. É verdade que onde todo mundo se conhece o risco do erro é bobagem, não atrapalha tanto (espero!).

E viva a tolerância dos vizinhos! 

Enfim, é primavera! E apesar dos seus pesares, adoro quando ela chega. Os dias começam a se alongar e a temperatura ameniza. Ainda está frio, porém não me queixo; gostaria de um pouco mais de sol, mas já chegará.

11 comentários em “E haja garganta!”

  1. Viva a primavera e os ataques alérgicos! E viva as flores lindas e as árvores com folhas verdes novinhas!
    Quando tem um grupo de amigos que nos aceitam , mesmo com a voz desafinada e ainda que incentivam tudo fica lindo, mesmo com alergia atacada, no meu caso, a velha rinite =)

  2. Você não é nada desafinada! 🙂 Nessa última festa ainda faltou a dancinha, né? parapápápá pá pá pá pá pá… rs. Besitos

  3. Putz, eu nunca fui alergica, será que a minha sinusite tem a ver com a chegada da primavera??? era o que faltava affeee, mas viva ela rsrsrs só quero que o frio va embora logo.
    Aiiii to ansiosa , vou querer saber de tudo pra “colar” pois a minha entrevista é só em julho :-P.
    Beijos

  4. Pois é Bianca, eu apesar da alergia, que desenvolvi aqui em Madrid, fico torcendo pra chegada da primavera! Estou sempre na esperança, q vai ser melhor que no ano anterior… 🙂
    Qto à cidadania, a Débora nesses poucos dias q passou por aqui conseguiu fazer a “jura” dela. 🙂 Espero q vcs consigam logo pra a gente poder fazer um brinde!!! Suerte y besos.

  5. Didis, pode ser alérgico, não saberia dizer. Só acho que a chegada da primavera não ajuda em nada os problemas pelas vias respiratórias. Mas enfim, vai passar! Minha cita é dia primeiro, vamos ver no que dá. Mas acho que não será como a da Tereza, ela já fez a cita junto com o juramento da bandeira. Legal, né? A advogada nos disse que nessa eles só vão checar tudo e marcar a jura, que deve ser dentro de uns 3 meses. Mas já sabe como é, só chegando lá e vendo mesmo o que rola. Pelo menos não tem que levar grandes papeladas, só o NIE e a carta que chegou pelo correio.

    Tereza, que ótimo que a Débora pode aproveitar a viagem, menos uma encrenca! 🙂 Que sua alergia seja menor ainda esse ano!

    Besitos

  6. Ai, eu rezo pra nunca sofrer de alergia, principalmente relacionada à mudaça de estação/clima. Só uma vez tive uma reação alérgica, que foi a um… anti-alérgico! (meu pai achou que minha garganta “arranhada” era alergia e receitou o remédio. Embolotei no dia seguinte, parecia uma broa)

    Mas, como boa filha de médico, me acostumei à “vitamina S” fácil. Meu pai, que vive em hospital, ao chegar em casa me abraçando só melhorava meu sistema imunológico – e viver cheia de bicho, terra e mato por perto só ajudou. Vamos esperar que quando eu chegue na Espanha o clima seco não me engula, que estou acostumada demais com a umidade…

    Melhoras com a tosse e sorte na cita, espero que você possa jurar logo e acabar com isso de vez =D Depois de tanto tempo, vocês merecem ;D

  7. Que os anjos digam amém, Branca! Tanto para você não ter alergias, como para a gente resolver logo essa novela mexicana da cidadania, né?

    Não posso reclamar da minha saúde, sou bastante resistente, eu acho. Mas de uma ou outra alergia não consegui me livrar. Criança nunca tinha nada e conhecia bem a história da “vitamina S” (receitada por um pediatra ao meu irmão – com êxito!), mas o tempo vai passando e você se expõe cada vez mais a coisas que provavelmente já tinha alguma sensibilidade. Em algum momento seu sistema se debilita e voilà, chega a porcaria da alergia! Paciência!

    O tempo seco se estranha bastante no começo, mas o corpo também se acostuma. Quando chegamos aqui, não podia viver sem creme hidratante diariamente, a pele chega cortava, principalmente as mãos e pés. Mas hoje em dia, parece que a pele se acostumou e já não resseco tanto, mesmo sem utilizar cremes. Ajuda muito o fato de beber sempre muita água. Depois, quando era criança morei em Brasília, ou seja, Madrid nem foi minha primeira vez morando no deserto! 🙂

    Besitos

  8. bianca, eu sou a ana, do thesimpleword.com. entao, tava pensando aqui que a gente podia intercambiar links dos nossos blogs, que que vc acha? eu coloco uma imagem que vc me mande do seu blog com um link e vc do meu. assim o povo que le o thesimple, vai acabar entrando no buraco (hahahaha!!! sem querer, ficou engracado!!1) e vice e versa…
    bom, espero sua resposta.
    bjo,
    ana

  9. Oi, Ana! Em princípio, por mim tudo bem! Mas isso não seria o blogroll? Vou lá conhecer seu blog e seja bem vinda! Besitos

Seja bem vindo a comentar! Sua resposta pode demorar um pouco a ser publicada.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s