Altas!

Quando era criança e brincava de pique-pega (que pelo menos naquela época levava hífen), no momento que a gente cansava ou queria falar alguma coisa, pedia algo que soava como, “altas”! Bom, eu falava que estava de altas, mas acredito que houvesse outras possibilidades de palavras que funcionavam como uma licença rápida da brincadeira.

Enfim, depois das últimas intensas semanas, admito que pedi altas! Não é que não quisesse fazer absolutamente nada, mas precisava de um tempinho mais relaxado. Sei que vou dizer algo bastante politicamente incorreto e de encontro ao famoso problema do aquecimento global, mas nesses dias, achei um programaço ficar tomando ar condicionado em casa com Luiz e nosso felino preguiçoso.

Bom, mas alguma coisa fizemos, até porque foi feriado prolongado e Luiz teve uma folguinha. Na quarta-feira, ele pediu o dia livre e fomos resolver alguns pepinos burocráticos. No fim da tarde fui para minha aula de percussão, onde aos poucos vou melhorando, ainda que com um longo caminho pela frente.

Na quinta-feira foi feriado e fizemos um ensaio do coral em casa. Na verdade, serviu mais para detalhar as tarefas para nossa apresentação de julho. Por outro lado, por que não fazer de uma maneira divertida? Tomei meu vinhozinho, fiz um quibe e um cuscuz de frango com legumes. Até que a reunião foi produtiva e conseguimos decidir um monte de coisas. Em breve, começo a fazer propaganda dessa apresentação, que será no dia 8 de julho, aqui em Madri, e cantaremos sambas. Não acabou tão tarde, porque alguns integrantes trabalhavam no dia seguinte.

Na sexta-feira, Luiz trabalhou, mas não até tão tarde. Pelas 15:00hs, chegou em casa com a idéia de que queria porque queria me levar a um outlet em Las Rozas, perto do trabalho dele. Veja bem, honestamente, não sou uma pessoa consumista e uma parte razoável dos meus luxos só diz respeito a gastronomia e bons vinhos, de resto, aproveito se tenho, mas se não tenho não me importa muito, sem traumas. Mesmo assim, vamos combinar, continuo sendo uma mulher e chamar uma mulher para fazer compras com essa vontade toda, exige coragem! Tenho minhas dúvidas se ele sabia onde estava se metendo e não sei se não se arrependeu de haver dito logo na primeira loja: experimenta, vê se fica bom! Digo isso, porque experimentei pacas e um monte de ropichas ficaram ótimas!

Faz tempo que não compro tanto, por um lado, porque como disse antes, não sou tão consumista. Por outro, porque quase sempre aqui me falta a amiga de compras, e as mulheres devem saber do que estou falando. Não digo que Luiz preencheu perfeitamente esse papel, até porque filosoficamente seria contra sua masculinidade, no final ele já não aguentava mais! Mas segurou a onda firme e forte e considerei uma prova de amor.

De maneira, que ao acordar no sábado, ele disse que queria comer o bobó de camarão do Kabocla e nem me atrevi a dar outras possibilidades mais leves. Não me arrependi, estava ótimo, mas comi mais do que deveria. Depois disso, já não fizemos mais nada. Um casal de amigos ligou e convidou para encontrá-los em uma terraza… outro amigo chamou para passar em um bar para o aniversário dele… mas dessa vez, o aconchego do lar estava muito melhor. Altas!

Domingo nem quis almoçar fora! Peixinho com salada fresca e estava muito bom! Passamos o dia enrolando, escolhendo os quadros das paredes e a casa ficou mais bonita. O jantar, havíamos combinado com uma amiga do Rio, que está por essas bandas até a próxima quinta. Ela é nutricionista e também apaixonada por gastronomia, já viu né? Comemos bem, tomamos duas garrafas de vinho tinto, falamos da vontade de abrir um negócio em sociedade nessa área e voltamos para casa na hora da Cinderela.

Hoje, plena segundona e acordei super bem disposta! Por mais que sinta calor, amo a luz do verão em Madri.

Altas fora! Volto para a brincadeira e essa semana, acho que o bicho vai pegar!

2 comentários em “Altas!”

  1. Hahaha acho que precisavamos dessa “altas” mesmo né chica !!! Aiiiiiii que deliciaaaaaaaa um monte de roupichas novas pro verao , tudo de otimo mesmo!!!!

    Menina, sabado ficamos na terraza ate umas duas da manha , ficamos na terraza ao lado do japa e estava uma delicia tbem.

    Domingo saimos com uns amigos que estao aqui pra fazer o tradicional tour por Madrid, comemos e tomamos algo na Plaza Mayor , Sol, Mercado de San Miguel, etc. Hoje vamos comer paella.

    Pelo visto ja acabou minha “alta” tbem rsrsrs.

    Beijos chica

  2. Oi, Didis! Já tô pronta para a próxima e com roupas novas… heheheh… falta fazer a limpa do armário, mas pouco a pouco. Amanhã tem show do David Tavares, vamos? Besitos

Seja bem vindo a comentar! Sua resposta pode demorar um pouco a ser publicada.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s