Oficialmente #50

Acabo de completar minhas bodas de ouro dos endereços, finalmente, cheguei aos 50!

Resumindo um pouco da saga, após uma busca infinita e em vão de um lugar para alugar enquanto a Quinta ficasse habitável, tomamos uma decisão inesperada. Considerando que é tão impossível encontrar um imóvel para alugar e o aluguel turístico é uma baba… por que não comprar um apartamento? Morar nele pelo período de obras na Quinta e logo também alugá-lo para ter uma renda! Olha que ideia show!

Só tinha um pequeno problema, uma bobaginha: comprar apartamento com que dinheiro? Se já estava complicado conseguir reformar a casa que temos… imagina arrumar mais despesa? Mas tirando esse detalhe besta, estava fácil!

Pensa daqui, pensa dali… e por que não fazemos uma hipoteca? Sabe como é, a origem brazuca acostumada às taxas de juros abusivas sempre nos afastou dessa possibilidade, nunca tivemos coragem de financiar nada! Mas não custava nos informar e ver se era viável. Todo mundo na Europa faz hipoteca, não devia ser algo tão ruim aqui!

Pois não era tão mau mesmo! Nos informamos, os juros eram bastante razoáveis (dependendo da aplicação financeira que você faça até mais baixos), não nos descapitalizaríamos em relação as obras e trabalhos da Quinta, teríamos um lugar decente para morar, pagaríamos de prestações o equivalente a um aluguel e, ainda por cima, investindo em algo de patrimônio.

E o melhor de tudo, teria uma casa quentinha e bonita para morar que seria MINHA!

Quer saber, deu medo sim, mas foi com medo mesmo! Entramos com a papelada no banco.

Não vou dourar a pílula, foi um parto de mamute! Era para demorar 3 semanas, durou pouco mais de 3 meses! Uma burocracia do cão! No final, nem acreditava mais que ia rolar, queria mandar tudo para o quinto dos infernos… mas fazer o que? A gente não tinha dinheiro para comprar, não tinha outro lugar para alugar, estávamos vivendo com o que cabia no carro junto com dois gatos, nossas caixas de mudança num limbo! Hora para a sabedoria espanhola: “es lo que hay“! Entuba e aguenta o tranco!

Entubamos e aguentamos! A assinatura da escritura saiu no dia 24 de janeiro de 2022. Com direito às histórias de sempre que parece que só acontecem conosco! Vou só passar uma cronologia rápida de acontecimentos, porque os detalhes nem tenho mais paciência: 18 de outubro, encontramos o apartamento dos sonhos e assinamos o compromisso de compra e venda; pedimos o financiamento no banco e fomos informados ser possível se resolver tudo em umas 3 semanas (claro que poderia levar mais tempo, mas tudo parecia tão certo); em meados de novembro, guardamos as caixas da mudança no próprio apartamento negociado, seria uma questão de dias; com as caixas guardadas, nos mudamos para um apartamento turístico por um mês, só enquanto esperávamos para assinar os papéis e fazermos uma mudança mais tranquila; o aluguel venceu, fomos em dezembro para a casa da minha cunhada em Caiscais, seria só por uma semaninha enquanto ainda esperávamos a porcaria dos documentos ficarem prontos (a semaninha se transformou em outro mês, incluindo Natal e Réveillon); no início de janeiro, pedimos ao proprietário para mudar para o imóvel, afinal, precisávamos voltar para nossa região, os trabalhos da Quinta recomeçariam; o proprietário nos deixou mudar para o apartamento no início de janeiro, mesmo com a documentação não assinada e lá viemos nós com malas, cuias e gatos mudar para um apartamento que poderia ou não ser nosso; em 24 de janeiro, finalmente, todos documentos resolvidos e escritura assinada! Ufa!

Contada toda essa confusão, nossa mudança número 50 foi bastante atípica! Nos mudamos em prestações, aos trancos e barrancos, mas sim, valeu o esforço porque estou feliz como uma perdiz na nossa casa novinha em folha!

E como será quando a Quinta ficar pronta? Onde vou morar?

Não tenho a menor ideia! Vou morar onde for melhor e para onde a vida nos levar! Nesse momento, estou amando arrumar nosso apartamento! Devagar e do jeito que der. Por enquanto, ainda dormimos em um colchão, porque a cama comprada pela internet não chegou. E tudo bem, porque o colchão é meu, o chão é meu, a casa é minha! E viva o efêmero prazer egoísta de pronunciar os pronomes possessivos!

Nosso apartamento e atual morada fica em Peso da Régua, a cerca de uns 15 minutos da nossa Quinta. Para meus vizinhos, estou em outra cidade longe pacas! Para mim, acostumada a vida urbana em grandes cidades, é como o bairro ao lado. E a estrada entre nossas duas casas não é bonita, é deslumbrante!

Os tempos das coisas aqui são diferentes das cidades grandes e a obra da Quinta, com previsão de levar por volta de 6 a 8 meses para ficar pronta, certamente vai demorar mais que isso! E quer saber, dane-se, talvez seja para o nosso bem, pois teremos também mais tempo para trabalhar, correr atrás e nos capitalizar.

No seu devido momento e agora já sem a pressa de seguir pagando um aluguel maluco, vamos decidir que caminho seguir. Se continuamos a viver em Peso da Régua e a Quinta será exclusivamente trabalho… ou se mudo para a Quinta e alugo o atual apartamento para turismo… de uma forma ou de outra, funciona. Aqui, a vida pessoal e a profissional é uma coisa só, tudo junto e misturado. Todos fazem de tudo um pouco, porque é o jeito! A gente mora onde trabalha, muda quando precisa, não tem esse negócio de dia de semana e feriado… por isso, entendo que os tempos sejam diferentes mesmo.

Enfim, números redondos sempre trazem seus símbolos e, vamos combinar, 50 é uma cifra imponente! Chegou junto com um endereço cheio de histórias, promessas e, simultaneamente, tudo tão novo! Sigo sem saber qual a duração da nossa estadia, mas tenho essa vontade que seja assim por um período mais longo e próspero. Que me dê o tempo de cuidá-lo, de ver suas transformações e amadurecimento. Que eu consiga me desenvolver junto com ele e deixar algum legado positivo! Quanta coisa passamos para chegar até aqui e quantas oportunidades a vida ainda nos trará!

Hoje agradeço por ter conseguido ultrapassar os obstáculos corretos, por valorizar ter um teto seguro, um lar e a melhor companhia. Que assim seja e que assim siga!

6 comentários em “Oficialmente #50”

  1. Parabéns Bianca por mais esta conquista. Vocês são fera mesmo! Desejo de coração, muito sucesso para vocês! Bjs

Seja bem vindo a comentar! Sua resposta pode demorar um pouco a ser publicada.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: