10 – Rumo aos 32

Muita calma nesse momento, não estou diminuindo minha idade, estou falando do número de endereços. Sim, lá vamos nós outra vez! Ainda bem que registro, porque já teria perdido a conta. Devido aos últimos textos, para que ninguém se assuste, adianto que continua sendo em Madri. Aliás, nem é longe de onde moro hoje.

Foi assim, apesar de gostar bastante do nosso atual apartamento, tínhamos um problema sério de vizinhos barulhentos, o casal baixaria de quem já contei nas crônicas uma vez. Insistiam na inconveniência ruidosa que sempre acontecia durante a semana e depois das duas da matina. Algumas vezes era brigando, outras o tigrão fazendo as pazes e não sei qual era pior de se escutar! No verão, não incomodava, porque ligávamos o ar condicionado e abafava a confusão. O problema era no inverno, quando não nos restava muita alternativa.

No último inverno, enchi o saco de vez e mudei para o quarto de baixo, bem mais silencioso. O “causo” é que isso alterou toda arrumação da casa e me vi obrigada a dormir com Luiz em um sofá cama! Procuramos inclusive nem receber nenhum hóspede, porque aos meus olhos a casa estava um caos! A idéia era voltar para nosso quarto assim que o inverno acabasse, mas não tinha intenção de procurar um novo apartamento até o ano que vem.

Pode perguntar, mas por que você não chamava a polícia? Pois por pelo menos 35 razões que estou sem paciência de explicar, mas pode acreditar que seria bem mais complicado.

Diante a essa situação absurda, me liga Luiz, escuta, uma amiga do trabalho está mudando para Gibraltar, parece que o apartamento é bom, quer ver? Honestamente, se não fosse por estar de saco tão cheio, duvido que sequer pensasse em entrar nessa movida agora, mas àquela altura do campeonato… Respondi sem pestanejar, tá bom, vou lá ver.

Era aquela historinha que parecia boa demais para ser verdade, apartamento maior, com terraza grande, garagem… e pagando a mesma coisa que gastamos hoje. Sei, sei… tem pegadinha aí! Fui ver o tal do apartamento sem a menor fé, já esperando aquela espelunca, mas ao mesmo tempo, tentando estar aberta ao que poderia ser feito. Sabia que Luiz queria sair daqui faz algum tempo.

Fomos juntos até lá e a coisa complicou ainda mais, porque o lugar é ótimo! Prédio novo e com alguns atributos que no Brasil são normais, mas aqui já havia perdido a esperança em ter. Cozinha americana, área de serviço, garagem no edifício, mais armários, mais espaço e uma terraza incrível, que dá até para ter uma churrasqueira! Caraca, e agora! Se a gente não conseguir mudar vamos nos arrepender eternamente! Então, encaramos!

Lá fomos nós, Luiz começou a negociar com os donos dos apartamentos, atual e próximo. Eu comecei a sondar uma equipe de mudança e a organizar o quebra-cabeças de onde nossos móveis ficam melhor. É que uma das condições era ficar com alguns móveis da proprietária, não são muitos, mas se não for bem organizado, o espaço que ganho acaba não compensando pela arrumação. Mas tudo tem jeito.

Dois dias depois que Luiz falou ao nosso atual proprietário que pretendíamos mudar, descobrimos que os vizinhos barulhentos estavam também de mudança! Pode? Moramos dois anos em um apartamento com vizinhos problemáticos, assim que desistimos e resolvemos mudar… eles mudam antes! É uma historinha para o “sefodeaí.com”.

Enfim, de certa forma, isso também me tranquilizou, porque vai que não dava certo a nossa mudança? Para ser bem sincera, não estava me envolvendo tanto na questão,  não queria me decepcionar.

Para a felicidade geral da nação, tudo foi se ajeitando e ontem assinamos o contrato. Ontem mesmo, havia marcado com a companhia de mudança para fazer um orçamento, e eles tem agenda para a próxima segunda-feira. Ou seja, lá vamos nós em tempo record! Em menos de uma semana, serei novamente um caracol!

A outra parte engraçada da história, mudaremos no dia 17 de março, dia 18 é o nosso aniversário de casamento, faremos 14 anitos já na casa nova, no meio das caixas! No aniversário de 10 anos, estávamos dentro de um avião, com destino a Atlanta. Aparentemente, a gente gosta de mudar de ano com tudo novo, né? No que depender de mim, entro com o pé direito!

O chato é que a festinha do níver de casados ficou comprometida. Mas, de repente, a gente faz uma de inauguração-tudo-junto! Vamos ver o quanto conseguimos arrumar a casa no feriado da semana santa.

E agora lá vou eu arrumar mala! Joooooder…

14 comentários em “10 – Rumo aos 32”

  1. Graaaaaaaaaaaaaaaaaaandeeeeeeeeeeee!!!

    Vivaaa, vivaaaaaa, vivaaaaa!!!

    Vocês merecem, e MUITO! Casa melhor para tempos ainda melhores!

    2008 realmente está sendo um grande ano… e mal começou, o que é ótimo!

    Beijossssssssssssssss e parabéns para os dois!

  2. Hahah é isso ai chica, como ja te disse, mudança é tudo de bom, ainda mais começando um dia antes dos 14 anos , pra acordar de casa nova!!!!

    Toda sorte do mundo pra voces !!! Estou louca pra ver a Terraza !!! Imagina as tardes de primavera e “las cenitas de verano” !!!!

    Beijos mill

  3. Poxa, acho que todo mundo tem, ou em breve vai ter uma história parecida! Quando morava com minha ex-namorada tinha um casal vizinho(andar debaixo) que teimava em dizer que fazíamos barulho, o estranho é que eles só reclamavam quando estávamos dormindo..vai entender…mas enfim, espero que sua próxima vizinhança seja mais hospitaleira. Você já pegou informações sobre esse “tema”, ou está indo no escuro?

  4. Pois é Roberto, também acho. E realmente existe a categoria vizinho maluco que escuta barulhos inexistentes ou não sabe de onde vem. Mas te garanto que nem sou das mais implicantes, porque gosto de festa. Por exemplo, em um sábado, seu vizinho resolveu receber amigos ou ouvir a música um pouco mais alta… acontece, você tem sua casa, quer sua liberdade. Acho que todo mundo precisa ceder um pouco sem abusar dos demais.

    Mas não era esse caso, eles brigavam aos berros e váaaarias vezes, ela atirava coisas nele, ele quebrava outras no chão, batiam a porta uma centena de vezes (que nem entendia porque), dava escândalo na janela, choravam… Enfim, aquele barraco que acordava a vizinhança inteira. E te juro, sempre começavam no meio da madrugada e durante a semana. Tinha vezes que me dava vontade de bater na porta deles pelas 20:00hs e perguntar se eles não queriam começar a brigar mais cedo aquele dia, só para facilitar a vida dos vizinhos, né? No dia seguinte, estavam sorrindo e juntos, vai entender? Por isso também ninguém queria se meter. E quando faziam as pazes… faziam questão que todo mundo escutasse também! Joooooder!

    Detalhe, quando tinha alguém aqui em casa conversando na sala, eles batiam na parede para a gente baixar a voz! Acredite se quiser! Ou seja, se matar aos berros com a música altíssima no fundo, tudo bem, o problema é conversar?

    Bueno, esses já foram, paciência. Sobrevivemos sem cair no atrito. Ontem conheci a nova vizinha e me pareceu super simpática, tem duas filhinhas doidas para conhecer meu felino.

    Besitos

  5. Didis e Alê, em breve vocês conhecerão a nova terraza… hehehe… que bom que logo chega a primavera!

  6. Parabens pela nova casa e pela terraza!!!! Adorei essa estória de churrasco! ´Muita sorte para vcs na casa nova,
    Bjs

  7. Oi Bianca

    Num posso crêr!!! De novo!
    Meu vai ter sorte assim lá “nus quintus”. Parece um luxo esse apê ai. Eu só não li sobre o espaço a mais para mais hospedes, hahahaha.
    Espero vêr as fotos logo.
    Boa mudança.
    Beijos

  8. Pois é Marianne, a gente não toma jeito nem para em canto nenhum! E antes era só eu, agora Luiz diz que criei um monstro e está igualzinho!

    O apartamento foi uma sorte mesmo, enfim, acho que já pagamos nossas penitências, estava na hora de uma ajudazinha, né?

    Não é luxuoso, mas é bem mais confortável, inclusive para os hóspedes (percebi um certo interesse no caso… hehehehe…).

    Estou um pouco nervosa porque não sei se ficarei sem internet por alguns dias no meio da mudança, espero que não.

    Besitos

  9. Dez! Parabens pela casa nova e pelos 14 anos de casamento! O nosso e’ dia 25, e o Renato estara’ viajando… Bem, sem crises com datas e a comemoracao sera’ feita na semana que vem! Bjs!

  10. Oi, Selma! Vocês também, que legal! Estou um pouco atrasada para os parabéns, mas acho que ainda vale, né? 🙂 Tudo de bom para vocês, quem casa em março dura muito… hehehehehe… comemorem bastante!
    Besitos aos dois

Seja bem vindo a comentar! Sua resposta pode demorar um pouco a ser publicada.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s