9 – Kebab na madrugada madrileña

Na madrugada de hoje, fizemos uma descoberta salvadora de vidas! Um lugar que vende kebab até às 5 da matina!

 

Escrevi uma vez, mas relembrando, as noites de Madri são bem longas e emendam na manhã, acontece que depois da meia-noite é difícil achar algum lugar para comer. Os bares fecham a cozinha e as boites só oferecem bebidas. Na verdade, no fim da noite, o que se pode achar aberto, normalmente, vende churros com chocolate. Não é mal, só que quando estou com fome, preciso de sal.

 

Passamos maus bocados famintos no fim da balada e, atualmente, mantenho algum petisco meio preparado em casa. O dia seguinte agradece!

 

Muito bem, ontem foi o aniversário de uma amiga francesa, nos encontramos no Boloco, restaurante e bar de tapas que fica na Plaza Chamberí. Estávamos em um grupo de nove pessoas, quatro delas falavam exclusivamente francês. Nada que um pouco de álcool não nos ajudasse na comunicação. Fomos dando nosso jeito. Conheço muita gente que tem problemas com franceses, não é o nosso caso. Acho que temos a sorte de só conhecer os legais.

 

Ficamos do lado de fora, que aqui se chama terraza. As terrazas não são necessariamente no telhado, podem até ser, mas a palavra simplesmente significa mesas ao ar livre. Normalmente, no fim da primavera se inicia o período das terrazas, que acabam no fim do outono. É a época que aproveitamos o clima e respiramos ar quase puro, no que pode ser puro o ar de uma cidade. Mas definitivamente melhor que os ambientes fechados e esfumaçados.

 

Previnida, me alimentei bem e tomei bastante água, me preparando para a continuação da noite. Luiz não estava com muita fome nessa hora e comeu bem menos que nós todos.

 

Enfim, de lá, fomos para a Valmont, um bar de tapas com lugar para dançar. Estava fechado para uma festa particular. Não pudemos entrar, mas ganhamos a entrada e copas para voltar em um outro dia.

 

Caminhamos até a estação Alonso Martinez, onde há uma série de bares e boites ao redor. Fomos ao Areia, onde um amigo alemão costumava trabalhar. Chama assim mesmo: Areia. E não Arena, como seria em espanhol. Esse lugar é bem legal, tem um jeitão de lounge marroquino. Assim, além das mesas, tem uma cama e uns grandes sofás. No teto, alguns tecidos vermelhos pendurados. A iluminação é baixa e tem um DJ, ao vivo, comandando a música. Sempre há muita gente em pé, mas não é um lugar para dançar. Ali, um dos franceses nos ofereceu duas garrafas de champagne e ficamos fazendo hora para ir ao El Junco.

 

No caminho para o El Junco, pela Calle Hortaleza, vimos uma birosca lotada! Deveria ter uns 2 m2 e vendia kebab. O cheirinho estava tentador, mas ainda era cedo para comer. Continuamos nosso caminho, meio de olho grande no tal kebab.

 

No El Junco, onde sempre vamos, a música estava boa, mas já vi dias melhores, é que o DJ muda sempre. De qualquer forma, dançamos até umas quatro da manhã. Fomos embora assim cedo, porque era uma sexta-feira, em que Luiz estava acordado desde às sete e tínhamos compromisso no dia seguinte.

 

Na saída, é claro que ele estava faminto. Faminta não estava, mas como sou uma gulosa e comer e coçar é só começar… Nos olhamos naquela dúvida se o lugar do kebab ainda estaria aberto. Era bem perto e arriscamos. E não é que estava aberto e cheio! Nos atracamos com dois kebabs, um de carne e um de frango, para experimentar. O de carne era melhor, mas o de frango também mandou muito bem!

 

O indiano que nos atendeu cortava a carne em fatias finas com uma maquininha parecida a um barbeador, colocava em um pão quentinho e adicionava alguns molhos e ingredientes que nem perdi tempo perguntando o que eram. Aberto a essa hora, ele manda! Perguntamos que horas eles fechavam e ele nos informou que pelas cinco da manhã. Pois então pronto! Será nosso Blooming’s de Madri. A propósito, sugiro o kebab de carne só com molho de queijo, o que achei mais parecido ao cheeseburger de fim de festa.

Seja bem vindo a comentar! Sua resposta pode demorar um pouco a ser publicada.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s