75 – ¡Estoy cagando!

Hein?

 

Essa falta de privacidade espanhola ainda me surpreende!

 

Estava calmamente checando meus e-mails para começar o dia, o tenor da Renaut nem tinha começado a cantar. Aliás, acho que ele anda num mau humor de cão, não canta mais todos os dias e mudou o repertório para algo espanhol que não sei definir, talvez uma zarzuela.

 

De repente, não mais que de repente, escuto um berro aborrecido entrando pela minha janela: ¡que estoy cagando!

 

Jack seguiu o som com as orelhas, depois nos olhamos com nossa comunicação imaginária telepática, e a gente com isso?

 

Bom, lógico que me parti de rir sozinha e fiquei imaginando a cena. Alguém deveria estar procurando o cidadão insistentemente, até que o indivíduo, interrompido algumas vezes em sua função, gritou irritado o motivo de sua ausência.

 

Agora, se eu no prédio da frente escutei, que dirá quem estava mais próximo. Imagina a cara do cliente, que provavelmente deveria estar invocado exigindo uma resposta ao seu problema e não entendendo porque afinal de contas, ninguém lhe dava atenção! Até que escuta aquela frase definitiva e esclarecedora cortando o ar. Daí chega o assistente, com aquela cara amarela e diz, um minutinho senhor, ele está um pouco ocupado, mas já vem.

 

E quando o cagão terminar e vier cumprimentar o cliente com um aperto de mãos? Surgirá aquele momento constrangedor? Ou talvez essa seja uma preocupação feminina. Provavelmente, os homens se olhem com uma certa cumplicidade, tudo bem companheiro, também passo por isso todos os dias, desculpe interromper... o tempo mudou, não é mesmo? Será que vai chover?

 

10 comentários em “75 – ¡Estoy cagando!”

  1. Oi Bianca
    Isso me lembrou quando a gente tem filhos e tem que limpar a bunda deles por um longo período. O Mario já era grandinho e sempre quando terminava o serviço me chamava:
    – Mãããããe, terminei!!!!
    E eu ia e perguntava:
    – Má por que voce mesmo não se limpa? já esta grandinho….etc, etc.
    E ele respondia:
    – A mãe eu tenho nojo!
    Vai se preparando, hahahaha.
    Beijos

  2. Olha, meu sobrinho também tinha nojo quando era pequeno, mas não dava mole não. Dizia logo: você tem duas alternativas, a primeira é se limpar sozinho; a segunda é ir para o chuveiro e te dou aquela ducha de presidiário, ou seja, de longe… heheheh…

    Besitos

  3. Bianca, sensacional. Me lembrou uma cena embaraçosa ocorrida lá em casa. Meu filho fala no telefone com a namorada da hora em que acorda até a hora em que se deita, literalmente. Não sei se é paixão, ou uma forma moderna de controle. Um dia desses estava eu no meu café da manhã quando o telefone toca. Eu não atendo, sabendo que era a namorada, e o telefone continua a tocar. Aí vem um berro do andar de cima: pai, vê se atende que eu estou cagando! Eu não atendi. Qdo ele desceu eu perguntei se ele não atendia mais a namorada de manhã. E aí eu entendi: “Pai, eu olhei na Bina e vi que não era minha namorada. Porisso eu gritei pra você: pai, atende porque eu estou cagando, PRA ESSA LIGAÇÃO”. A ligação by the way era de meu sócio. Não deu pra explicar pra ele porque eu não atendi…
    Bjs
    Augusto

  4. Oi, Augusto! Essa é boa! 😀

    Meu pai também tinha um amigo do trabalho, na época com uma filha de uns 6 ou 7 anos. Pois muito bem, liga meu pai para esse amigo e atende a filha. Oi, Mônica, chama seu pai para eu falar com ele. E ela responde com todas as letras, meu pai tá no banheiro fazendo cocô! É lógico que essa história virou um clássico no dia seguinte no trabalho e a Mônica virou a heroína deles.

    Besitos

  5. Oi, Luiz Paulo!

    Acho que engraçado é o cidadão sincero aqui da frente. Fiquei rindo sozinha o dia inteiro!

    Besitos

  6. hahahahhahaha
    que horror esse vizinhos!
    os meus nao ouvem coisas assim…só meu pandeiro 🙂 hehehe
    beijos Bi!

  7. Lembrei da piada:

    “O cara passa correndo pelo mordomo:

    – Minha noiva chega daqui a pouco, mas eu to morrendo de vontade de cagar. Se ela chegar, fala que eu to numa reuniao.

    A noiva chega:

    – O patrao esta’ numa reuniao, ja’ vem.

    – E demora muito?, pergunta a noiva.

    – Acho que nao, do jeito que ele passou peidando por aqui…”

  8. essa foi ótima… só na Espanha mesmo pra essas coisas acontecerem… hahaha!

    Só li agora esse post, muito bom!

  9. Pois é, Alessandra, me divirto! Agora, com o frio, fica mais difícil ouvir essas pérolas porque as janelas ficam fechadas.

    Besitos

Seja bem vindo a comentar! Sua resposta pode demorar um pouco a ser publicada.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s