74 – Outono

Setembro passou voando, mal peguei uma corzinha de verão e o outono chegou. Já estou branquela outra vez, mas menos manchada do que imaginei.

 

Da temperatura, não me queixo, bem mais agradável. Hoje começo a esvaziar a piscina e aproveitarei a água para limpar a terraza. A gente não lava as áreas externas aqui, é um desperdício grande, mas se a água já está ali mesmo, vou aproveitando para limpeza e plantas.

 

Meus pais se animaram a vir nos visitar e quero deixar a casa nos trinques. Chegam em 7 de outubro, foi uma viagem decidida meio na última hora, o que para eles é uma enorme quebra de paradigma. Também iremos a Roma e Barcelona e tenho absolutamente tudo reservado.

 

Até o taxi para nos buscar em Roma está acertado, é que, vamos combinar, o povo por lá não é o mais honesto do mundo. Acho que é uma coisa mais com turistas, não é considerado desonesto se aproveitar o máximo possível de um gringo. E isso, verdade seja dita, noto menos por aqui na Espanha. O espanhol pode não ser exatamente a criatura mais simpática do planeta, mas não costumam ser aproveitadores.

 

Engraçado que Luiz e eu normalmente viajamos no improviso e assim nos viramos muito bem, porque temos mais flexibilidade. Mas com meus pais, não quero arriscar, eles gostam de tudo certinho. E o curioso é que estou mais nervosa com tudo tão planejado do que fico nas nossas viagens porra-louca. Como sei que nenhum plano dá 100% certo, provavelmente precisaremos mudar alguma coisa, tudo bem.

 

Barcelona não me preocupa, é mais simples de percorrer. E o pior é que acho que eles estão curtindo mais viajar no trem de alta velocidade, do que os passeios por lá.

 

Em Madri, tenho algumas coisas em mente, dessa vez conhecemos bem melhor a cidade. Acho até que vou encarar um show de flamenco na Casa Patas. Nossos visitantes sempre querem ir, nós indicamos, mas tratamos de fugir da raia. Gosto de flamenco, mas acho que o proporcional no Brasil seria você gostar de samba, mas não ter saco de ir todos os meses assistir um show das mulatas do Sargentelli.

 

Enfim, estou me preparando para vestir o chapéu de turista. Às vezes, pode ser divertido, principalmente quando a gente relaxa.

 

O fundamental é a parte gastronômica, minha família, eu incluída, se ganha pelo estômago. Não pode faltar jamón Pata Negra, fuet, azeitonas, azeite de oliva, mariscos, cochinillo etc. A churrasqueira está a ponto. Luiz descobriu um brasileiro que corta carne galega como no Brasil, vamos ver se o negócio é sério.

 

E, obviamente, chega um novo carregamento de carne seca, paio e cachaça. Agora é torcer para passar tudo na alfândega.

 

Além dos meus pais, também chega uma amiga de infância para passar o mês, além de outra que chegou em setembro. Ou seja, outubro promete um certo movimento.

 

Depois, começam a ir embora um por um, e outros e outras mais. Família vem e vai, amigos vem e vão. Novembro será duro, mas é parte da nossa história. Poder sentir saudades também é um privilégio, é apenas a consequência.

 

11 comentários em “74 – Outono”

  1. Na Grécia, minha mãe e eu nos movemos muito em taxi, principalmente nas ilhas. Combinávamos a hora de voltar através de gestos, já que eles não falavam nem entendiam inglês e ainda não aprendi a falar grego! Nas primeiras vezes batia aquele medo de ficar plantada no outro lado da ilha e perder o barco de volta a Atenas. Mas foi tudo em vão, eles foram super honestos com o preço e na hora marcada estavam ali nos esperando. Deu tudo certo!

  2. “Saudade existe pra quem sabe ter !!!!”

    Bibis, quanta gente em casa né neguinha , outra amiga tbem na sua casa na mesma epoca que teus pais???
    Eitaaa casa cheia mesmo!!
    Que bom ter casa em festa!

    Beijoss

  3. Oi, Glenda! Eu li 😀 Aliás, é uma viagem que quero fazer. Quando for para lá, consultarei seu blog outra vez.

    Besitos

  4. Didis, eles estarão na cidade ao mesmo tempo, mas não aqui em casa ao mesmo tempo. Meus pais chegam antes e voltam antes para o Brasil. Depois que eles forem, acredito que minha amiga dormirá alguns dias por aqui, mas ela tem onde ficar.

    Só que depois começa a ir embora um por um. Na verdade, ontem já começou com dona Sapão, né? Além dos meus pais, tem mais essas duas amigas, a Alê… enfim, alguns já iriam mesmo porque não moram aqui, mas pelo menos 3 são ex-moradoras.

    Eu já nem entro mais em clima de despedida, mas é gente que faz falta. Tudo bem, vai dar para aproveitarmos bastante.

    E depois seremos o-bri-ga-das a voltar para essa nossa vidinha pouco agitada, né?

    Besitos

  5. Oi Bianca
    A tá bom né!!! Quando foi minha vez voce não quis ir a show de flamenco, tá certo que eu não sou tua mãe e com isso não valia todo o sacrifício, eu entendo.
    Deixa eu saber uma coisinha, se os amigos resolvem ir, qual é a antecedência ideal para voces ficarem avisados???
    Temos vontade de nos convidar para o ano que vêm em julho, pode ser?
    Beijos
    Marianne

  6. Oi, Marianne!

    …heheheh… para me fazer encarar o show de flamenco, só sendo mãe e pai! E viagem a Toledo e Segóvia, nem sendo minha mãe eu aguento mais!

    Olha, para vir aqui não tem uma antecedência oficial. Geralmente, eu “reservo” a casa quando a pessoa me confirma que está mesmo para comprar as passagens. Porque também tem um monte de gente que diz que quer vir, mas acaba desistindo. De maneira geral, é para quem pede primeiro, só dou prioridade e furo a fila para nossos pais e irmãos 😀 Mas duvido que eles venham em julho.

    Ou seja, em resumo, adoraremos receber a visita de vocês! Quanto a data, só dá para saber um pouco mais perto. Por enquanto, não temos ninguém programado para vir, mas também não sei se viajaremos. Porque julho é uma boa época para se viajar pelos arredores. Ou seja, é uma questão da gente combinar. Quando estiver mais definido, conversamos por e-mail e vamos acertando.

    Besitos

  7. Casa patas? Ah…de verdade eu nâo recomendo.
    A sonorizaçâo do palco nâo é bacana. E enfiam trocentos neguinhos em um espaço. Se vc sentar perto, jóia. Se vc ficar longe nem vai ver nada e nem vai ouvir(que convenhamos , flamenco temos que alem de ver ouvir os violôes mas principalmente o sapateado…).
    Recomendo o Las Tablas. É menosr, tem que ligar antes pra reservar mas vc ve bem de todos os lugares e se preferir pode ficar de pé perto da barra se quiser se deliciar com algum numero em especial.

    Beijote e bom tudo!!!
    Vanessa.

  8. Oi, Vanessa! Bom, não tenho dúvidas que seus ouvidos são bem mais exigentes que os nossos. 😀 Pensei em assistir o da Casa Patas pela tradição e estrutura. Mas se esse Las Tablas é melhor, então vou me informar. Dei uma olhada no website, ele parece mais moderno, mas não entendi se também oferecem jantar ou só algum picoteo antes do show. E com meus pais, precisa ser sentado mesmo. Depois te pergunto mais detalhes.

    Valeu a dica!

    Besitos

  9. Oi Bianca

    Nâo, nâo é de pé no Las Tablas, haha….é sentadinho….e jantar mesmo acho que nâo tem, mas tem picoteio, saladas, jamon, queijos…. eu sempre como salada, queijinho e vinho.
    Pode ser durante o show os comes e bebes. E o serviço é mais prático e mais rápido do que o Casa Patas.

    Tambem ali ao lado do Las Tablas tem um restaurante bacana com uma carta bem atraente. Da uma olhada. Nâo lembro o nome. Eu ainda nâo fui mas a próxima vez que for ao Las Tablas vou jantar la antes.

    E se vc reservar no Las Tablas liga antes (1 ou 2 dias antes) e pede uma mesa bacana, bem bacana perto, pede a melhor mesa do mundo. Fala com a Marisol ou Antonia que sâo as donas e as bailarinas, diz que vc é amiga da Vanessa, aluna do Rafael Peral (que às vezes dança la)e que eu fiz a maior propaganda e tal. Assim vcs tem tbem um atendimentinho VIP.

    Beijocas e boa sorte.

Seja bem vindo a comentar! Sua resposta pode demorar um pouco a ser publicada.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s