52 – O dia real do aniversário e aí encerramos esse assunto!

Para quem já está de saco cheio em ouvir falar do aniversário, sinto muito, mas adoro fazer aniversário! E ainda fui comemorar com a festa antes! Quer dizer, fico fazendo aniversário todo dia até chegar o dia de verdade! Não é ótimo? 

Hoje foi o legítimo. Nasci em 09 de novembro de 1969, ano em que o homem pisou na lua. Gostava de acreditar que isso me faria predestinada a algo fora do comum. Com o tempo, vi que era apenas um dia como qualquer outro. Mas por que não celebrá-lo? Estou viva e aqui! Trinta e seis, com corpinho de vinte e nove! Yo creo que estoy estupenda! 

Saí na véspera só com o Luiz para jantar e comemorar. Coitado! Estava morto de gripe e eu me recuperando dela! Por isso, fui legal e escolhi um restaurante perto de casa mesmo, o El Buey. É um tradicional que, como o nome denuncia, tem seu ponto forte na carne. Um dos poucos lugares onde encontramos uma carne de boi excelente. É uma peça de carne pedida por peso que chega fatiada meio crua na mesa e terminamos de adequá-la ao ponto desejado em pratos quentes de pedra que recebemos. Mucho bom! 

Regado a um belo Ribera, que este ano está bem melhor que o Rioja, na minha singela opinião. Mas não abusamos. Luiz ainda tinha os olhos vermelhos de gripe e eu tomando anti-alérgico. Caramba! Parece comemoração de velhinhos!  

A parte engraçada é que Luiz foi colocar um pouco de azeite no seu prato de pedra quente para dar um gosto na carne. Exagerou no azeite e seu prato se transformou em uma frigideira espalhando óleo para as mesas em volta. No El Buey, as mesas são meio juntinhas, como em um bistrot. Daí o óleo quente começou a espirrar na mulher ao lado do Luiz. Que roubada! E tinha se produzido toda para seu acompanhante! Mas ela, como uma boa espanhola, não se intimidou, acendeu seu cigarro e contra atacou com fumaça. Aí é que Luiz colocou mais azeite no prato mesmo. A primeira vez foi acidente, a segunda foi piraça pura! 

E eu só rindo! Minha fome havia passado, portanto estava de bom humor! 

Enfim, nossa farra de idosos gripados durou até umas 23:00 horas, no máximo! Não aguentamos mais e voltamos para casa. Ficamos esperando até meia noite para Luiz me dar os parabéns e eu liberá-lo para dormir!  

Durante o dia, foi ótimo! Falei com a família e um monte de amigos por telefone e virtualmente. Essa é uma das melhores partes, é um pretexto para conversar ou juntar pessoas. Além do mais, aqui é feriado. Olha que maravilha, feriado no aniversário! 

Seja bem vindo a comentar! Sua resposta pode demorar um pouco a ser publicada.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s